Como Amar todas as Pessoas

Na quarta feira todos os participantes receberam uma missão do guia espiritual:
Ser amor para todas as pessoas que eles encontrassem naquela semana.
O Tonho foi dormir decidido que ele o faria, afinal somente uma semana.  Tonho sonhou com uma ex- namorada, do qual havia amado. No sonho ele se sentiu totalmente amado. E ao acordar,Tonho renovou a decisão de ser amor para todos.
Naquela tarde Tonho e sua esposa Marina foram na casa da Silvia e do Carlos, pediram aos dois para tirarem as coisas deles que estavam guardados na garagem da casa deles. 
Porém a atitude de desprezo do casal e a atitude da Marina, deixou Tonho com muita raiva.
- " Marina você sempre quer passar por boazinha, nem do carro você desceu, fazendo parecer que a decisão, para eles tirarem as bugigangas de nossa garagem era somente minha." Reclamou Tonho
- " Tonho você tem problemas com todo mundo." Replicou a Marina
Angélica a ex esposa do Tonho, o acusava do mesmo coisa .
- " Eu não tenho problemas com todo mundo." Tonho respondeu mais zangado.
- " Você tem problemas com a minha família, e com os meus amigos da igreja."
- " Marina me fale de uma pessoa específica. Tonho falou explodindo de raiva
- " Tonho você falou que meu pai era um perdedor." Respondeu Marina na defensiva
- " Quando foi que eu falei isso Marina?" Perguntou Tonho.
- " Na semana passada." Marina respondeu prazerosamente por estar correta.
Tonho se calou repassando o filme do último final de semana em sua memória: No último feriado, a Marina tinha ido passar o final de semana prolongado na casa dos pais dela. Ela retornou doente, dizendo que havia ficado doente lá o tempo todo. Porque o pai dela a havia diminuído e menosprezado.
Tonho sentiu a necessidade de confortá-la. Então ele disse, que o pai dela era o problema, que ele era um perdedor. 
Naquele instante Tonho entendeu que Marina, tinha conversado com o pai ao telefone, e repetido a ele, que o Tonho disse, omitindo, o motivo pelo qual ele disso isso. 
A  Marina falava que sua diretora para manter o poder usava o que ela sabia, para manter as pessoas a volta dela separadas. 
Quando Tonho era criança. A sua mãe falava que ele podia jogar no PlayStation do irmão, que o irmão nunca iria saber. Mas o irmão sempre descobria. O Tonho guardava tudo direitinho, todavia o irmão descobria. Somente adulto Tonho descobriu que era a mãe que contava.
Ele  não podia mais conversar com a esposa, sua melhor amiga?
Tonho se deu conta que a determinação dele, de ser amor, não durou um dia.
Ele estava com muita raiva da esposa e da mãe. 
E principalmente com muita raiva dele por ser tão inocente, como ele podia ser tão estupido?
"Será que eu não posso dizer nada pra ninguém, ou não confiar em ninguém?" Tonho se perguntou.
O que teria acontecido se quando criança, ele tivesse conversado com o irmão, em vez da mãe?
E o que teria acontecido, se quando sua mulher viesse reclamar do pai, ele dissesse que amava o pai dela? O que a fofoca tem a ver com amar todas as pessoas?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Finalmente Encontrei o Amor da Minha Vida

Amor Pra Vida

Almas Gêmeas na História